5 de dezembro de 2017

[Resenha] Sorrisos Quebrados

Título: Sorrisos Quebrados
Autora: Sofia Silva
Editora: Valentina
Páginas: 232
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Sinopse: Um livro que vai fazer você chorar, sorrir e se apaixonar.
A história que é um sucesso no Wattpad e na Amazon, agora disponível nas melhores livrarias.
Paola
Um relacionamento abusivo me quebrou.
Física e emocionalmente.
Agora me refugio num mundo escuro
de tintas fluorescentes e estrelas.
Até que...

André
Não tenho espaço para mais ninguém.
Depois de tudo o que enfrentei,
ter meu coração partido em mil pedaços,
é um pequeno raio de Sol que me faz sobreviver.
Mas talvez eu precise de todas as constelações para voltar a ser feliz.

Resenha
Paola foi destruída por um relacionamento abusivo e, durante anos, sofreu nas mãos de seu ex-marido. Casou-se ainda muito nova e toda a família e amigos faziam questão de lembrá-la como era sortuda por conseguir um homem tão lindo quanto Roberto. A sorte era dela por ter sido escolhida por ele. Porém, ninguém imaginava que toda a beleza de Roberto escondia a sua verdadeira face, a crueldade.

O que parecia um sonho, um conto de fadas, aos poucos foi se tornando um pesadelo. Começou com pedidos para não sair com as amigas, não usar determinado tipo de roupas e foi piorando. Roberto começou a agredir Paola com brutalidade, tanto fisicamente quanto psicologicamente. Até que ela reuniu forças para tentar se libertar, mas sua tentativa foi frustada por Roberto ter descoberto o seu plano de fuga e, nesse dia, ele bateu tanto que ela quase morreu. A sua vida nunca mais seria a mesma. Paola estava quebrada, marcada pela dor e com a aparência completamente desfigurada.
André tinha o sonho de se formar na faculdade. Veio de uma família humildade e tudo em sua vida foi conquistado com muito suor. Seus pais sempre o ajudaram para que ele conseguisse realizar o sonho. Mas tudo desmoronou. Ele teve um relacionamento que acabou não apenas com o seu sonho, mas com a sua esperança para amar novamente. A única coisa boa que sobrou dessa relação foi Sol, a sua filha de apenas quatro anos de idade.

Sol é tudo na vida de André, ele não mede esforços para ver a sua filha bem. Eles não possuem uma boa condição financeira e André precisa trabalhar pesado para conseguir dar alimento à filha. Sol carrega um um forte trauma e devido ao seu passado ela tem dificuldades em socializar. Não fala com ninguém fora do seu circulo familiar e entra em pânico toda vez que chega algum desconhecido.
Sol faz tratamento na mesma clínica na qual Paola escolheu morar. Paola vive reclusa e também teme a aproximação das pessoas. As duas se conheceram em uma festa da clínica e o amor entre elas foi imediato. A pequena Sol ganhou o coração de Paola no instante em que parou à sua frente para que ela pintasse o seu rostinho. E somente por causa de Sol é que Paola e André passaram a ter contato.

Da primeira vez que Paola viu André ela se assustou com o tamanho dele e seu instinto foi temê-lo. Aos poucos, mesmo sem perceber, Sol foi unindo os dois. Nem Paola nem André estavam procurando se envolver amorosamente com alguém, ambos tinham um passado doloroso e que havia deixado marcas profundas na alma e no corpo, mas quanto mais tempo passavam juntos mais percebiam que as suas histórias poderiam ser diferentes - só que eles ainda não estavam preparados para isso e tiveram que aprender juntos a deixar o passado para trás, viver o presente e sonhar com futuro.
Minha impressão
Como eu estou apaixonada por esse livro. Eu estava ansiosa para ler, sabia que ia me apaixonar e não estava errada. Sorrisos Quebrados se tornou o meu romance preferido. Não é apenas uma linda história de amor, não mesmo, vai muito além disso. É uma obra completa e cheia de mensagens importantes. É um daqueles livros que pode salvar vidas com o que tem a oferecer em suas páginas.

Há muito tempo que eu sinto falta de um livro que aborde o relacionamento abusivo como ele realmente é. Chega de violência contra a mulher sendo romantizada em livros. Em Sorrisos Quebrados nós vemos as consequências terríveis que esse tipo de relação provoca, são traumas quase insuperáveis, as marcas são eternas, mas com muita ajuda, amor e carinho elas podem ser superadas e as portas para uma nova vida podem se abrir. Foi o que aconteceu com a Paola e ver essa transformação é algo emocionante, belíssimo.

André também sofreu com a sua ex-mulher. Ela fez coisas absurdas, a Sol ficou em um estado deplorável por causa de atitudes de sua própria mãe, se não fosse por André a Sol teria morrido. O envolvimento dele com Paola foi algo muito natural. Nenhum dos dois queria, mas aconteceu e foi lindo.

No começo eles queriam apenas uma noite, por uma noite fingiriam ser pessoas que não eram. Ela fingiria ser uma mulher que ainda poderia ser desejada por um homem, amada como nunca foi. Ele fingiria que ainda conseguiria amar uma mulher e sentir-se vivo novamente ao lado dela. Por uma noite eles seriam um casal inteiro, sem os traumas que os perseguiam. Mas foram se apegando um ao outro e o que antes era um fingimento passou a se tornar algo real e quando isso aconteceu eles perceberam que não estavam preparados para amar e viver esse amor.

Eu sei que já falei demais, essa resenha já está enorme, mas tem tanta coisa ainda para falar. Depois eu vou fazer uma postagem só com quotes porque esse livro é só lacre.

Minha nota para o livro

5 comentários:

  1. Este livro tem uma capa que me encanta e sempre que leio uma nova resenha anseio mais por fazer a leitura. Concordo com você: chega de violência contra a mulher sendo romantizada.
    Espero em breve ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha, sou louca pra ler esse livro. Ele é em português brasileiro ou a editora manteve o original?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mag!
      Que bom que gostou da resenha, obrigada <3
      A editora traduziu o livro para o português do Brasil.

      Excluir
  3. Olá, Beatriz! Desde a primeira vez que vi esse livro, já fiquei louca pra ler! E adorei a sua resenha, a forma como você descreveu tudo nos mostra o quanto essa história te tocou. É bom mesmo quando nos mostram uma história "real", sem a romantização, né? Pretendo ler ele no próximo ano.

    Um beijo, Pri :*

    Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  4. Relacionamentos abusivos é sempre algo sensível e que se bem trabalhado acaba se tornando nossa melhor leitura, como foi em seu caso e em muitos outros, geralmente, os livros que mais gosto trazem essa temática também. Estou curiosa com a obra.

    ResponderExcluir