16 de janeiro de 2018

[Resenha] Uma Sombra na Escuridão

Título: Uma Sombra na Escuridão
Autor: Robert Bryndza
Editora: Gutenberg
Páginas: 336
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Sinopse: Em uma noite de verão, a Detetive Erika Foster é convocada para trabalhar em uma cena de homicídio. A vítima: um médico encontrado sufocado na cama. Seus pulsos estão presos e através de um saco plástico transparente amarrado firmemente sobre sua cabeça é possível ver seus olhos arregalados. 

Poucos dias depois, outro cadáver é encontrado, assassinado exatamente nas mesmas circunstâncias. As vítimas são sempre homens solteiros, bem-sucedidos e, pelo que tudo indica, há algo misterioso em suas vidas. Mas, afinal, qual é o segredo desses homens? Qual é a ligação entre as vítimas e o assassino?

Erika e sua equipe se aprofundam na investigação e descobrem um serial killer calculista que persegue seus alvos até achar o momento certo para atacá-los.

Agora, Erika Foster fará de tudo para deter aquela sombra e evitar mais vítimas, mesmo que isso signifique arriscar sua carreira e também sua própria vida.

15 de janeiro de 2018

[Resenha] Passarinha

Título: Passarinha
Autora: Kathryn Erskine
Editora: Valentina
Páginas: 224
Ano: 2013
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Sinopse: No mundo de Caitlin, tudo é preto e branco. Qualquer coisa entre um e outro dá uma baita sensação de recreio no estômago e a obriga a fazer bicho de pelúcia. É isso que seu irmão, Devon, sempre tentou explicar às pessoas. Mas agora, depois do dia em que a vida desmoronou, seu pai, devastado, chora muito sem saber ao certo como lidar com isso. Ela quer ajudar o pai - a si mesma e todos a sua volta -, mas, sendo uma menina de dez anos de idade, autista, portadora da Síndrome de Asperger, ela não sabe como captar o sentido. 
Caitlin, que não gosta de olhar para a pessoa nem que invadam seu espaço pessoal, se volta, então, para os livros e dicionários, que considera fáceis por estarem repletos de fatos, preto no branco. Após ler a definição da palavra desfecho, tem certeza de que é exatamente disso que ela e seu pai precisam. E Caitlin está determinada a consegui-lo. Seguindo o conselho do irmão, ela decide trabalhar nisso, o que a leva a descobrir que nem tudo é realmente preto e branco, afinal, o mundo é cheio de cores, confuso mas belo.
Um livro sobre compreender uns aos outros, repleto de empatia, com um desfecho comovente e encantador que levará o leitor às lágrimas e dará aos jovens um precioso vislumbre do mundo todo especial dessa menina extraordinária. 

12 de janeiro de 2018

[Resenha] Belas Adormecidas

Título: Belas Adormecidas
Autores: Stephen King e Owen King
Editora: Suma
Páginas: 728
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora para ser resenhado no blog Thays M. de Lima, onde esta resenha foi postada originalmente por mim.

Sinopse: Pelo mundo todo, algo de estranho começa a acontecer quando as mulheres adormecem: elas são imediatamente envoltas em casulos. Se despertadas, se o casulo é rasgado e os corpos expostos, as mulheres se tornam bestiais, reagindo com fúria cega antes de voltar a dormir. Em poucos dias, quase cem por cento da população mundial feminina pegou no sono. Sozinhos e desesperados, os homens se dividem entre os que fariam de tudo para proteger as mulheres adormecidas e aqueles que querem aproveitar a crise para instaurar o caos. Grupos de homens formam as “Brigadas do Maçarico”,incendeiam em massa casulos, e em diversas partes do mundo guerras parecem prestes a eclodir. Mas na pequena cidade de Dooling as autoridades locais precisam lidar com o único caso de imunidade à doença do sono: Evie Black, uma mulher misteriosa com poderes inexplicáveis. Escrito por Stephen King e Owen King, Belas Adormecidas é um livro provocativo, dramático e corajoso, que aborda temas cada vez mais urgentes e relevantes.

11 de janeiro de 2018

[Resenha] Antes de Tudo Acabar

Título: Antes de Tudo Acabar
Autora: Mary C. Müller
Editora: Planeta
Páginas: 256
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora para ser resenhado no blog Thays M. de Lima, onde esta resenha foi postada originalmente por mim.

Sinopse: Rafael nunca foi de se encaixar em padrões. Deslocado e sem muita perspectiva de vida, ele cuida da mãe alcoólatra enquanto precisa lidar com a paixão platônica pela melhor amiga, Anne, e com os percalços causados por um pai ausente.
Acostumado desde sempre a fazer tudo com Anne, ele agora tem de aceitar que ela arrumou um namorado... e justo uma das últimas pessoas que ele gostaria de ver com a amiga. Como se não bastasse, ele também precisa se entender com o pai, que resolveu voltar a procurá-lo com uma notícia surpreendente.
E, em meio a esse turbilhão de acontecimentos, chega Kaori, a nova aluna da turma. Com ela, as coisas começam a mudar na vida de Rafael, e o que era só amizade pode acabar se tornando algo mais.
Antes de tudo acabar é a história de um garoto que precisa se encontrar e compreender um mundo que se move mais rápido do que ele consegue acompanhar. Um mundo onde amizades são construídas e desfeitas, amores morrem e nascem e caminhos sofrem desvios inesperados.

10 de janeiro de 2018

[Resenha] Confissões

Título: Confissões
Autora: Kanae Minato
Editora: Vestígio
Páginas: 176
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Sinopse: Seus alunos mataram sua filha. Agora ela quer se vingar.

O mundo da professora Yuko Moriguchi girava em torno da pequena Manami, uma garotinha de 4 anos apaixonada por coelhinhos. Agora, após um terrível acontecimento que tirou a vida de sua filha, Moriguchi decide pedir demissão.

Antes, porém, ela tem uma última lição para seus pupilos. A professora revela que sua filha não foi vítima de um acidente, como se pensava: dois alunos são os culpados. Sua aula derradeira irá desencadear uma trama diabólica de vingança. Narrado em vozes alternadas e com reviravoltas inesperadas, Confissões explora os limites da punição, misturando suspense, drama, desespero e violência de forma honesta e brutal, culminando num confronto angustiante entre professora e aluno que irá colocar os ocupantes de uma escola inteira em perigo.

Com uma escrita direta, elegante e assustadora, Kanae Minato mostra por que é considerada a rainha dos thrillers no Japão.

Você nunca mais vai olhar para uma sala de aula da mesma maneira.

9 de janeiro de 2018

[Resenha] Me Recordo Dela

Título: Me Recordo Dela
Autora: Bianca Vieira
Editora: Multifoco
Páginas: 160
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da autora


Sinopse: Neste livro, Bianca Vieira, de dezoito anos, reúne todos os contos e crônicas escritos em seu blog desde os seus doze anos. Como uma grande leitora, sempre sonhou com o dia em que seria finalmente lida e sentida pelas pessoas através de seus próprios livros, porquanto um escritor necessita de outras formas de compreender a vida humana para enriquecer a sua obra e a si mesmo.

Através de seus pensamentos, finalmente desenvolvemos a nossa própria filosofia de vida, porque buscamos por um mesmo lugar que não sabemos qual é o seu nome, apenas que ele existe e está aqui, dentro de nós mesmos.

3 de janeiro de 2018

Nem Tão Vilã (Kris Monneska)