28 de julho de 2017

Parceria com Quitéria Vargas


Sobre a autora
Quitéria Vargas nasceu no Rio de Janeiro em 1996. É produtora rural, trabalha com pecuária e agricultura (criação de gado pra corte e cultivo de cana-de-açúcar). Fala inglês e alemão. Mora na Alemanha, mas boa parte do tempo fica na Suíça. Já viajou para muitos lugares no exterior, sempre procurando se atualizar e buscando inspirações para suas obras. Desde os 8 anos escreve, tendo iniciado com textos para o jornal da escola em que estudava. 

O Livro

27 de julho de 2017

[Resenha] Rainbow

Título: Rainbow
Autora: M. S. Fayes
Editora: Pandorga
Páginas: 288
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Sinopse: Rainbow Walker sempre se sentiu diferente das garotas da sua idade. Com um nome peculiar e uma família estranha, ela nunca conseguiu estabelecer vínculos ou manter muitas amizades. Agora, em uma nova cidade, ela terá que se adaptar a uma nova escola e rotina, ao mesmo tempo em que precisa deixar sua introspecção de lado.

Mas Rainbow não está sozinha nessa jornada, já que uma pessoa inesperada entra em seu caminho, fazendo com que ela precise rever todos os velhos preconceitos em relação aos outros, se obrigando a deixar as pessoas entrarem na sua vida.

Reviravoltas, conflitos familiares e toda espécie de desventuras típicas de uma adolescente no Ensino Médio não podem competir com o que ela menos esperava encontrar: o amor e a autodescoberta.

26 de julho de 2017

[Resenha] Selene e o Dragão

Título: Selene e o Dragão (Livro 01) - Trilogia A Última Lua Azul
Autora: Marília G. Barbosa
Editora: PenDragon
Páginas: 300
Ano: 2017
Adicione ao Skoob || Clique aqui para comprar
*Cortesia da autora


Sinopse: Em meio a uma guerra entre humanos e dragões, Selene foge de uma tragédia que destruiu sua vila e se vê frente a frente com um inimigo de sua espécie: um dragão, caído e vulnerável. Contrariando tudo o que conhecia e ainda com a dor da perda pesando no peito, ela toma uma decisão e usa magia para salvá-lo. Agora, Drake, o dragão, e Selene dão início a uma jornada para reconciliar ambas espécies. Porém, percebem que há muito mais em risco ao receberem uma missão de uma Deusa poderosa e temperamental. Todos têm objetivos ocultos, e o sucesso ou fracasso desta missão pode provocar mais consequências do que se imagina.

25 de julho de 2017

[Resenha] Os Deuses da Culpa

Título: Os Deuses da Culpa
Autor: Michael Connelly
Editora: Suma de Letras
Páginas: 344
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Resenha postada originalmente por mim no blog Thays M. de Lima - Cortesia da editora.

Sinopse: Quando o advogado Mickey Haller recebe a mensagem Me liga urgente 187, o código penal para assassinato logo chama sua atenção. Casos assim são sempre os mais complicados e os que pagam melhor, o que significa que ele não pode falhar.Mas quando descobre que a vítima é uma ex-cliente, uma prostituta que ele ajudou a tirar das ruas, Mickey sente que sua reputação está em jogo. A vítima estava de volta a Los Angeles e de volta à prostituição mas por quê de repente, Mickey percebe que, em vez de salvá-la, pode ter sido ele a colocá-la em perigo. É hora de confrontar seu passado, e Haller precisará de todo seu talento e esperteza para cuidar de um caso que pode ser sua redenção ou a prova de toda a sua culpa.

24 de julho de 2017

Como Agarrar Uma Herdeira (Série Agentes da Coroa), novo livro da Julia Quiin | Capa e sinopse

Mais um livro da diva Julia Quinn chegando!
Como Agarrar Uma Herdeira é o primeiro livro da série Agentes da Coroa, o lançamento está previsto para agosto. Confira a sinopse e saiba como fazer para ler um trecho do livro.

20 de julho de 2017

A Escolha Perfeita do Coração [Quotes]

19 de julho de 2017

[Resenha] Não Fuja!

Título: Não Fuja | Livro 03 - Trilogia Não Pare!
Autora: FML Pepper
Editora: Valentina
Ano: 2015
Páginas: 384
Adicione ao Skoob
*Acervo pessoal


Sinopse: Vida. Morte. O que há entre elas? Antes e depois delas? Dois universos tão distintos e intimamente ligados. Como não sucumbir ao desejo que lhe drena a vida? Como aceitar que existe morte em vida e vida na morte? O que fazer quando a morte é a centelha que pulsa na vida, embebida de escuridão? A bússola da existência gira e aponta: o medo é uma opção; a vida, uma batalha; a morte, uma bênção.