23 de outubro de 2017

[Resenha] As Sobreviventes

Título: As Sobreviventes
Autor: Riley Sager
Editora: Gutenberg
Páginas: 336
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Resenha
Quincy, Lisa e Samantha são três mulheres que sobreviveram a massacres em épocas diferentes. Cada uma delas foi a única sobrevivente de três episódios que marcaram e chocaram pessoas em todo o mundo. Isso lhes deu a fama de Garotas Remanescentes. Quando algo acontece com a Lisa, anos após o último massacre, Quincy e Samantha finalmente se conhecem e precisam se unir; no entanto, essa aproximação revelará segredos terríveis que foram enterrados no passado.
"Ela corria por instinto. Um alerta inconsciente de que precisava continuar, independente do que acontecesse. Até já tinha esquecido o porquê. As memórias de cinco, dez, quinze minutos atrás tinham desaparecido. Se sua vida dependesse de lembranças daquilo que motivou sua fuga pela mata, ela tinha certeza de que morreria bem ali no solo da floresta."
Há dez anos, Quincy viveu momentos tão brutais, tão terríveis, que a sua mente os bloqueou. Amnésia dissociativa. Ela lembra apenas do começo, quando avistou a sua melhor amiga saindo ensanguentada da floresta, depois disso ela só consegue lembrar de estar correndo, ferida e com o corpo coberto pelo seu sangue e o de seus amigos.

Quincy encontrou um policial que fazia uma patrulha na região. Ela não conseguiu falar muito, mas ele entendeu perfeitamente: "Estão todos mortos. E Ele ainda está solto por aí". Coop, o policial, avistou o homem que vinha atrás dela e o matou. Depois disso, a vida de Quinn passou a ser um verdadeiro inferno. Como se não bastasse todo o sofrimento, a morte dos amigos, a amnésia e a recuperação, ainda precisava se esgueirar de jornalistas curiosos que queriam entrevistas com ela.
O seu caso logo ganhou a mídia e ela foi associada ao seleto grupo de Garotas Remanescentes. O grupo nada mais era do que duas jovens que haviam sobrevivido a ataques tão cruéis quanto o vivenciado por ela. Lisa foi a primeira, há muitos anos. Um homem invadiu o capus da universidade e matou a facadas quase todos, ela foi a única sobrevivente. Tempos depois aconteceu novamente e Samantha sobreviveu a um atentado hediondo a um motel, novamente, a única a sair com vida.

Nenhuma das três chegou a se conhecer pessoalmente. Quando o caso de Quincy aconteceu a Lisa chegou a entrar em contato para lhe oferecer apoio e elas mantiveram contato por algum tempo. Mas Quinn ainda não conhecia a Samantha, que havia sumido do mapa sem deixar nenhum rastro, nem mesmo para a policial que a acompanhava.
A vida de Quincy estava indo relativamente bem, estável. Mas quando algo muito ruim aconteceu com a Lisa, ela viu seu mundo se desmoronar outra vez. Ao saber do ocorrido, Samantha resolveu sair da toca e a procurou. Elas finalmente haviam se conhecido pessoalmente. As duas tinham muito em comum e precisavam se unir.

Quincy e Samantha possuem um passado marcado pela morte e convivem com a dor, mas é no passado que se esconde uma peça fundamental na vida delas. Quando todas as revelações forem feitas, Quincy vai descobrir o que a sua mente vinha bloqueando todos esses anos e vai se deparar com o pânico novamente.
Minha impressão
Esse livro é incrivelmente surpreendente. Um thriller que te mantém preso à história até o final da leitura. E o final! nossa, o final! Eu fiquei chocada com as revelações e furiosa com um dos personagens. 

Durante a leitura eu até cheguei a fazer algumas suposições e Riley Sager conduz a trama de uma maneira tão convincente que eu realmente acreditava estar certa e até cheguei a achar meio previsível. Eu não poderia estar mais enganada! Tudo o que havia sido construído ao longo das páginas se desfez no final. Nada é o que parece. Nada. É genial!

A trama é narrada em primeira pessoa por Quincy, mas ao mesmo tempo vemos flashs do ocorrido na cabana, o cenário do massacre; durante esses curtos capítulos a narração é feita em terceira pessoa e o passado de Quincy vai se revelando aos poucos.

Samantha possui uma personalidade bem inconstante e isso deixa a Quinn preocupada, a Sam parece estar escondendo algo importante e ela tem medo do que possa ser. Por outro lado, Sam desperta novas sensações na Quinn. Não dá para falar mais ou corro o risco de soltar algum spoiler.  Mas como eu gostaria! 

Com certeza é um dos melhores livros que eu já li e entrou para o meu top 10 de melhores de 2017. 

Minha nota para o livro

11 comentários:

  1. Oi Bea,
    Já tinha ouvido falar desse livro e fiquei curiosa sua resenha só aumentou minha curiosidade, parece ser um livro instigante onde não sabemos o real fato até o final.Mais do que anotado.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii Beatriz

    Amei quando vi que sua resenha era desse livro, comprei ele há pouco tempo justamente por causa da indicação de ninguém menos que Stephen King logo na capa, alémd e que a sinopse parece ser genial demais pra deixar passar. Gostei de saber que o livro cumpre o prometido e prende o leitor até o final. Louca pra começar logo a ler esse livro.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A resenha já prende, imagina o livro. Gosto deste tipo de escrita, me prende de uma forma que não durmo enquanto não sei o desfecho.
    Adoro me enganar com a trama rsrs, isso mostra o potencial do autor. Não conhecia o livro, mas fico feliz em saber da existência dele, quero muito ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Uau, esse livro parece ser mesmo incrível, ein?! Conhecia a estória só meio por cima, mas depois de ler tua resenha pude saber melhor e com certeza minha curiosidade aumentou. Livros que nos prendem do início ao fim são, sem dúvidas, os melhores. Bjos

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu estou querendo muito ler esse livro, e eu tenho ele no Kindle, e não sei o porque ainda não li ele é um dos gêneros literários que eu amo muito ler

    ResponderExcluir
  6. Oi! Acho que já vi a capa desse livro no feed do Instagram, mas nunca tinha lido a sinopse. Como amante de um bom suspense, fiquei louca para ler "As Sobreviventes"! Já anotei para comprar no futuro!
    Ah! Tua resenha está incrível! Muito bem escrita e estruturada. Adorei! Parabéns ;)

    Bjs da Cami

    ResponderExcluir
  7. Oii! Eu estou curiosa para ler esse livro desde que o skoob anunciou o sorteio de cortesia haha. Parece ser uma história viciante, adoro quando o autor nos faz acreditar nas nossas suposições, mas no final o desfecho é totalmente diferente haha. Amei a sua resenha e espero conferir essa obra um dia, bjss!

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Eita que parece ser um thriller promissor mesmo, e com você colocando no seu top 10 fiquei mais curiosa ainda hehe não sou de ler o gênero, mas darei uma chance. Gostei bastante da sua resenha e fotos <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. OIii!

    Bia, eu não conhecia esse livro e fiquei animada em ver que foi o sua melhor leitura desse ano! Isso é ótimo! Gostei bastante de conhecer esse enredo e fico feliz que tenha sido uma ótima leitura, vou tentar comprar a obra na BF <3

    Beijnhos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Fiquei muito interessada no livro, pois fiquei feliz de as personagens serem mulheres e contarem seus casos pessoais de violência. Achei extremamente importante para o feminismo, aliás. Ainda que, claro, seja ficção, acredito que qualquer história que leve as mulheres a falar sobre seus traumas é importante e incrível. Com certeza, vou procurar! Não sou muito fã de thrillers, mas esse me convenceu muito! Obrigada pela dica! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Sabe, thrillers não me atraíam, mas de uns tempos pra cá estou adorando ler. E o melhor para mim é quando a gente acha que parece previsível mas depois acaba se surpreendendo muito, como aconteceu com você. Me interessei bastante, quero ler.

    ResponderExcluir