19 de maio de 2017

[Resenha] A Alquimia da Tempestade

Título: A Alquimia da Tempestade
Autor: D.G. Ducci
Editora: 7 Letras
Páginas: 104
Ano: 2016
Adicione ao Skoob
*Cortesia da Oasys Cultural


Sinopse
"Alquimia da Tempestade" não é uma obra de ficção, como nos diz o próprio autor, ao final do livro: trata-se de uma quase-autobiografia poética. O que diferencia esta obra de outras tantas coletâneas de poemas são as pistas deixadas, ao longo das páginas, de que se trata de uma jornada no estudo de poesia, na qual mescla-se o Romantismo ao clássico Árcade (“Eu, querida, não sou aventureiro” / “Eu, Marília, não sou algum vaqueiro”), ou à homenagem aos dois amores do soneto 144 de Shakespeare em “Dúbio guerreiro”. A maturação do poeta leva à alquimia de uma tempestade.
Eu Sei Gritar
Quem é mais tolo?

Do trivial é que surge o necessário,

do irreal é que nasce o imaginário.

Pode um anjo viver sem asas?


A realidade é um fator errado,

a sociedade é que se torna um fardo

Sou louco, e por isso sou livre;

e sei muito mais que você,
com seus conceitos baratos,
seus dogmas abstratos
e sua cultura de lata de cerveja.

Sou leal ao meu profundo o frio caos,

sou real e sei viver sem sua moral.
Sou mais um e ainda assim sou eu:
sou louco, sou livre, sou rei.
(Página 92)
Com poemas bem elaborados, o autor escreve sobre temas variados e nos apresenta textos que se mostram agradáveis ao olhos do leitor. A diversidade não está só nos temas abordados, mas também nos sentimentos que o autor expressa em cada página dessa obra.

Não soneta
Essa nova classe média
pode até ser ascendente

Mas nem ela

nem ninguém
leem a gente

Um país mais educado

tudo o que você queria 

Mas só dois ou três

(de nós) ainda
leem  poesia

Somos grandes!

Cultuamos ruptura
(mas o pior Ministério
ainda é o da Cultura)

Se eu roubei

se eu roubei
seu coração
é porque
é porque 
eu sou ladrão.
(Página 32)
Algo muito interessante é perceber que os poemas fazem parte de épocas diferentes de uma vida, mostram o amadurecimento e a percepção de novas sensações, se intensificam.
Minha impressão
Segundo o autor, "Alquimia da tempestade e outros poemas" não é uma obra de ficção, e lendo o livro pode-se ter uma ideia disso, se é verdade ou não... vai saber, mas é totalmente possível! São poemas que falam sobre situações que podem ser reais para qualquer um e são intensos em seus sentimentos.

Uma característica bem marcante que eu percebi é que a poesia de D. G. Ducci é muito expressiva, não importa o tema, não importa sobre o que ele fala, os seus textos são fortes e despertam pensamentos reflexivos no leitor. 

É um livro que eu recomendo, os amantes da poesia podem (e acredito que vão) gostar facilmente, mas quem ainda não está acostumado pode ter uma certa dificuldade com a escrita do autor mas logo se acostuma. 

Minha nota para o livro

12 comentários:

  1. Olá!
    Eu não sou muito adepta a poesia, mas sempre acho encantador quando resolvo dar uma chance. Esse livro parece tão singelo e apaixonante ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Bravo! Primeira resenha que vejo sobre um livro de poesias. E que poemas você retirou da obra! Que lindos poemas!!! Honestamente? Essa foi a resenha que li com mais gosto! Amei! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Acho mais difícil ler poemas, pois são bem subjetivos, mas gostei bastante da maneira como você escreveu sobre o livro.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Bia, tudo bem?
    Primeiramente parabéns pela resenha. Amei a forma como você fez.
    Eu amei a sua dica de hoje, curto livro de poesias e esse me pareceu muito bom. Pelo pouco que você postou já fiquei louca pela obra. Dica anotada
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Não sou o que se pode chamar de uma leitora de poesias. Admiro quem consegue escrever tanto em tão pouco, mas é um gênero que não me atrai. Vou recomendar a uma amiga que adora poemas.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  6. Oi Beatriz,
    Desde os tempos da escola que evito poesia. Acho lindo, mas muitas vezes acho que não consigo senti-la e compreendê-la. Por esse motivo vou deixar a dica passar.
    Me parece ser um ótimo livro para quem é fã do gênero.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Amo poesias e já amei a sua indicação. Gosto demais de livros que nos tocam a alma e o coração.
    Obrigada pela indicação.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Nossa, com certeza será uma ótima indicação para quem gosta de poesias mesmo, mas confesso que não curto muito não. Ainda mais se houver certa resistência do livro no início. Não sei se seria uma boa leitura para mim no momento. Mas isso não invalida a sua ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Tenho lido comentários positivos desse livro. Ele já foi resenhado no meu blog, pela Joanice. Ela gostou muito. Tenho lido tão pouca poesia que senti um puxão de orelha do poema que você destacou. Não que eu seja classe média.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?

    Esta é a primeira vez que leio algo sobre a obra "Alquimia da Tempestade".

    Sou uma velha amante da poesia e me interessei bastante na obra.

    Ja está na listinha haha (:

    ResponderExcluir
  11. Olaaa
    Não curto muito poesia mas acho que irei dar uma chance

    É a primeira vez que vejo sobre essa obra
    Achei bem interessante
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Bia!
    Gosto de poemas que passam essa sensação que poderiam ser sobre histórias reais!
    Bjs

    ResponderExcluir