21 de abril de 2017

[Resenha] Irmãos de Sangue

Título: Irmãos de Sangue (Livro 01)
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2017
Leia a sinopse no Skoob
*Cortesia da editora


Resenha
Há 21 anos, três amigos liberaram um poder demoníaco que tem consequências devastadoras para toda a cidade. Agora, essa força maligna está mais forte, quase invencível, e eles buscam meios de conseguir vencê-la. Uma escritora especialista no assunto veio até a cidade para estudar o caso e descobre que está mais ligada com ele do que qualquer um deles poderia imaginar. Continue lendo a resenha e saiba mais sobre a obra.
Caleb, Fox e Gage são três amigos inseparáveis e há vinte e um anos vivem com as consequências de seus atos quando tinham dez anos. Eles são amigos desde sempre, nasceram no mesmo dia e horário e quando estavam para completar dez anos eles resolveram fazer algo diferente, sem que ninguém soubesse. Sem contar para os pais - que achavam que os filhos estavam acampando em segurança na casa de um dos amigos -, os garotos foram se aventurar pela floresta e acampar na Pedra Pagã.

Há lendas macabras sobre a Pedra Pagã, ninguém sabe ao certo o que aconteceu mas todos podem sentir a energia que emana do lugar. Energia ruim. Há séculos, forças do bem e do mal batalharam ali e houve muita morte, muito sangue. Quando os três garotos acamparam na Pedra Pagã, acharam que precisavam fazer alguma coisa para tornar a data especial e à meia noite fizeram um pacto de sangue. Algo aconteceu e eles libertaram um poder maligno que estivera preso ali por todo esse tempo.
"- Nós nascemos dez anos atrás, na mesma noite, na mesma hora, no mesmo ano. Somos irmãos. Na Pedra Pagã juramos lealdade, verdade e fraternidade. Misturamos aqui nosso sangue."
"E algo saiu daquela escuridão gelada, daquele chão que tremia. Algo enorme e horrível. Olhos injetados de... fome. Olhou para ele. E quando sorriu, seus dentes brilharam como espadas de prata. Ele achou que havia morrido, que aquilo o engolira de uma só vez. Mas, quanto voltou a si, ouviu os batimentos de seu coração e os gritos e chamados de seus amigos.
Irmãos de sangue."
Agora, vinte e um anos depois, os três amigos carregam um fardo pesado. A cada sete anos, durante sete dias, a cidade vira um verdadeiro caos. Pessoas se voltam umas contra as outras, estupros, assassinatos, suicídios, incêndios, tragédias e mais tragédias; são sete dias de total desordem e muito pavor. O mais estranho de tudo é que quando acaba esse período, que eles chama de Os Sete, ninguém se lembra direito do que aconteceu, são memórias vagas e apenas eles sabem que tudo está relacionado com aquele dia na Pedra Pagã.
Eles tentaram vencer "a coisa" de todas as maneiras e fizeram o que estava ao alcance deles mas nada funcionou. O demônio que sempre viam, que os perseguia e atormentava, estava ganhando cada vez mais força e aparecendo antes do tempo. Quinn é uma escritora especialista em fenômenos como esse e quer escrever um livro sobre a cidade, para isso, ela foi até lá pesquisar e acompanhar de perto os estranhos acontecimentos.

Algum tempo na cidade e as coisas começam a ficar ainda mais estranhas, uma jovem chega de repente sem saber o que a levou até ali. Layla teve um pesadelo e quando acordou sabia apenas que tinha que ir para Hawkins Hollow. As duas mulheres e os amigos percebem que existe uma ligação entre eles, pois elas também podem ver o demônio quando ninguém mais na cidade pode e ele cria inúmeras cenas para apavorá-las.
Minha impressão
Eu já sou fã da Nora Roberts mas ainda não tinha lido nenhum livro dela que não fosse romance e esse livro é simplesmente espetacular! É uma obra instigante do começo ao fim, a cada página surgem novos elementos que só aguçam a nossa curiosidade e despertam o interesse de terminar logo a leitura. 

Existe um mistérios sobre o passado do lugar que vai sendo revelado aos poucos e envolve os acontecimentos descritos no prólogo. Quando, em 1652, vemos uma jovem que foi estuprada dizer que haviam feito um ritual com ela; um homem ser queimado vivo, condenado por bruxaria; e sua esposa grávida de trigêmeos que foge para não ter o mesmo fim. Séculos se passam e os amigos vão descobrir que, de alguma maneira, estão ligados com esses acontecimentos. 

É uma obra com muito suspense e várias cenas são carregadas de terror. O demônio que os amigos libertaram cria muitas situações não reais para assustá-los e cada uma delas eu lia apavorada e me assustava com qualquer barulhinho ao meu redor. A autora explorou muito bem cada uma das situações e descreveu os detalhes de uma maneira bem real, o que me fez ficar com muito medo mas ao mesmo tempo gostar muito da leitura. Também encontramos romance no livro mas ele não é o foco, um casal surge e outros vão se formando para os próximos volumes da trilogia. 

Livro recomendadíssimo! 

Minha nota para o livro

5 comentários:

  1. Oii,tudo bem?
    Tenho muita vontade ler essa trilogia, parece ser incrível! Ouço falar muito bem da Nora Roberts, então, espero não me decepcionar. Estou louca pra ler, ainda não havia lido uma resenha sobre, obrigada pela dica.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Amore,
    Nossa quando era adolescente amava ler NR... e amava os livros dela... faz tempo que não leio nada dela, acho que vou anotar essa dica pra ler.
    Vendo sua resenha, despertou ainda mais minha saudade de lembrar quão bem essa mulé escreve!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Beatriz.
    Esse livro me parece ser bem assustador. E eu morro de medo de livros de terror, ainda mais com demônios.
    Confesso que prefiro a Nora Roberts dos livros românticos, rs
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? De fato, ele foge bastante do que já tinha visto comentado sobre a autora. Confesso que esse é a história que mais me chama atenção, mesmo tendo alguns pontos de terror no meio, e estou com bastante expectativas para a leitura. Adorei a resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Eu nunca li nada da Nora! Acho essa autora muito ousada e muito fera, ela escreve gêneros muito diferentes e são muitos livros, como ela consegue? kkk
    Esse em especial não faz meu gênero, mas lendo sua resenha acho que até posso me arriscar! Porém para conhecer a autora quero começar por um romance rs

    Beijos

    ResponderExcluir