16 de janeiro de 2017

[Resenha] O Segredo da Caveira de Cristal

Título: O Segredo da Caveira de Cristal (Livro 01)
Autora: Mallerey Cálgara
Editora: Mundo Uno
Páginas: 324
Ano: 2015
Leia a sinopse no Skoob
*Acervo pessoal


Quando a ganância e o ódio falam mais alto do que o próprio laço de sangue, dois irmãos se veem lutando em lados opostos. Repleto de fantasia, magia, intrigas e surpresas, O Segredo da Caveira de Cristal conquista o leitor logo nas primeiras páginas. Continue lendo a resenha e saiba mais sobre a obra.
Após anos de sofrimento e muita luta, Heilland conseguiu se reerguer e se tornou um reino de grande importância. Fazendo fronteira com os demais reinos, passou a ser um lugar de grande comércio e tranquilidade, regido por um rei justo e bondoso. Os habitantes de Heilland estavam em paz novamente.

A alegria do povo aumentou quando souberam que a rainha estava grávida de gêmeos. No entanto, a chegada das crianças traria ódio e derramamento de sangue para o reino. A rainha teve uma gestação complicada e parecia haver uma guerra dentro dela, os gêmeos pareciam lutar entre si, dentro do ventre.
A primeira criança nasceu forte e sadia, o rei já havia proclamado que o primogênito seria o futuro rei e assim o príncipe Sulco tornou-se o sucessor do trono. A segunda criança nasceu muito tempo depois, fraca e debilitada, mas com uma enorme beleza, diferentemente de seu irmão. Mas não era apenas fisicamente que os gêmeos se diferenciavam, com habilidades completamente distintas, Sulco e Heian cresciam e se inclinavam para caminhos opostos.

Durante o crescimento dos irmãos, o rei os observou e o dia em que o seu sucessor seria oficialmente anunciado havia chegado, mas algo aconteceu que fez o rei mudar de ideia. Ele sabia que Sulco era impiedoso, hostil e ambicioso, mas também sabia que Heian era um jovem ingênuo, bondoso demais e que poderia ser facilmente manipulado. Mas seu coração não estava confiante de que Sulco deveria ser o novo rei, então ele surpreendeu todo o reino quando anunciou Heian como o escolhido.
A ira de Sulco se propagou em seu coração e o ódio passou a ser seu leal companheiro. Ele teria o reino aos seus pés, não importava quais meios deveria usar para isso. Então, Sulco começou a colocar em prática um plano perverso, especializando-se mais a cada dia, para conseguir realizar seus desejos e ter a sua tão sonhada vingança.

Enquanto a fúria de Sulco se espalhava pelo reino, Heian fazia o que estava ao seu alcance para proteger as pessoas que dependiam dele, passando por cima da própria vontade, para oferecer ao reino um futuro digno e tentar livrá-lo das garras de seu irmão.
Minha impressão
Eu estava muito ansiosa para ler esse livro, meu primeiro contato com a escrita da autora foi com o livro Beco da Ilusão (que entrou para o meu top 10 de melhores leituras de 2016) e eu já sabia que gostaria muito de O Segredo da Caveira de Cristal, mas me surpreendi com o quanto eu gostei da obra. 

O enredo me fascinou e todo o universo criado pela autora me envolveu completamente. É uma fantasia muito bem desenvolvida, com personagens bem construídos e explorados.

Eu quero falar sobre dois personagens que merecem destaque na trama, a rainha Driadh (esposa de Heian) e Mongho (mago amigo de Heian). Esses dois são extremamente importantes para o desenvolvimento da história, cada um com a sua contribuição. Tem um momento que eu fiquei com o coração destruído, um não, alguns, mas um deles a rainha foi a responsável. Para o bem do reino ela precisou tomar uma medida drástica, por mais que doesse e a ferisse, ela escolheu o futuro do povo e Heian não pode negar o seu pedido pois sabia que era a única coisa para ser feita.

O final do livro é totalmente inesperado, levou um tempo para eu aceitar o que tinha lido!!! Mas a autora, logo em seguida, já lança outra bomba na trama e termina o livro bem na hora! Agora eu estou louca para ler a continuação... #PRECISO do segundo volume. Já está para ser lançado e assim que eu realizar a leitura, eu trago a resenha aqui no blog.

A capa é muito bonita e enigmática, a diagramação está bem charmosa e as letras estão com um bom tamanho para a leitura.

Minha nota para o livro

9 comentários:

  1. Conheço Beco da Ilusão e tenho vontade de ler, ainda não conheço a escrita da autora, e apesar de ter curtido o enredo do livro, prefiro começar por Beco da Ilusão

    ResponderExcluir
  2. Ei, Beatriz!
    Amei sua resenha!��
    Você sabe que sou eternamente grata pelo carinho e apoio ao meu trabalho. ��
    Espero que se divirta bastante também lendo o segundo livro, que vem recheado de muitas aventuras e magia����

    Bjusss

    ResponderExcluir
  3. Me ganhou com o título!!! ❤️
    Pela sua resenha já dá pra perceber que é um livro exatamente do jeito que eu gosto: com muita mágoa e aventura. Espero ter contato tanto com esse, como com outros livros da autora. Beijos!!!

    www.facesemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. uau, gostei bastante dessa sinopse! o enredo parece ser bem interessante. é uma boa indicação, pois estou precisando sair fora um pouco dos romances... esse com certeza tem bastante adrenalina! adorei!

    ResponderExcluir
  5. Oi Bia!!
    Nossa! Que enredo!!
    Fiquei com vontade de ler o livro, e seria uma ótima leitura para intercalar com os romances!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Minha nossa, gostei muito da sinopse e da resenha. Não conheço o trabalho da autora, mas assim que tiver oportunidade vou ler.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Ótima resenha!! Muito bem elaborada. Acho que já tinha lido alguma coisa a respeito desse livro e seu texto me fez relembrar que essa história é muito boa e promete ser bem instigante! Essa luta entre os gêmeos, apesar de parecer batida para alguns, traz uma trama aparentemente complexa, pelo menos foi o que achei pelo que você escreveu.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Quando comecei a ler a resenha lembrei do seriado da globo, "dois irmãos" (não estou acompanhando, só vejo a propaganda). Não sou fã de fantasia, mas suas impressões me deixaram curiosa, a trama parece ser envolvente!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Adorei a capa, não sei se leria, pois fantasia é um dos generos que menos leio, porem gostei bastante da resenha, vou colocar o livro na lista e quem sabe um dia eu nao leia...

    ResponderExcluir