23 de fevereiro de 2018

[Resenha] Surpreendente!

Título: Surpreendente
Autor: Maurício Gomyde
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Ano: 2015
Adicione ao Skoob
*Cortesia do autor


Sinopse: Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.
O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro.
O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso.

Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora na periferia, Pedro planeja seu próximo filme - a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.

Resenha
Pedro é um jovem de 25 anos que tem uma doença degenerativa na visão, segundo os médicos ele estava fadado à cegueira, no entanto, a doença se estabilizou e ele enxerga um pouco, a visão periférica é bem prejudicada, mas a central o permite enxergar, ainda que não totalmente. Pedro é bem otimista, ele percebe o mundo sempre pelo lado bom e quer ajudar a todas as pessoas.

Amante da boa arte, acredita veementemente no poder da literatura, do cinema e da música. Ele trabalha em uma videolocadora de uma periferia e sempre indica filmes clássicos para os clientes. Pedro mantém aberto o último cineclube de São Paulo, as sessões são sempre pouco movimentas, quase vazias, mas ele segue na esperança de mudar o mundo com cinema, na verdade com a arte.
Pedro sonha em ganhar o prêmio mais importante do cinema brasileiro e, para isso, quer produzir um filme capaz de surpreender o público. Ele não faz ideia de por onde começar, mas a sua positividade está sempre a postos! De repente, as coisas começam a dar errado para ele e vão só piorando. Porém, no meio de tantas notícias ruins, algo de bom acontece nada vida dele... Cristal, uma jovem garçonete e estudante de física nuclear.
"—A maior canção de todos os tempos é o som da sua voz e o silêncio da sua respiração, menina. Toda vez que eu puder sentir sua presença, ou todas as vezes que estiver longe e puder me lembrar de você lá na cachoeira dizendo 'confia em mim', nada vai me deixar triste."
Pedro saiu de uma relação na qual sofreu durante muito tempo após o término e Cristal já chegou arrebatando o seu coração. Surge uma amizade entre eles e Pedro fica cada vez mais convencido de seus sentimentos por ela. Ao mesmo tempo em que redescobre o amor, ele vai começando a se questionar sobre as suas chances na vida e aquele otimismo todo começa a se apagar.
Pedro esconde um segredo que o está corroendo por dentro, ele não pode/quer contar para ninguém, acha que deve carregar seu fardo sozinho. Então resolve fazer uma viagem rumo à descobertas. Nessa viagem, Pedro vai contar com o apoio de seus amigos para fazer o seu tão sonhado filme e juntos eles vão viver momentos inesquecíveis.
"Aqui começa o maior filme de todos os tempos sobre as chances que o mundo coloca na vida das pessoas. Que as lições sejam aprendidas e voltemos milhões de vezes melhores do que partimos. Apenas os fortes sobrevivem, porque, mesmo a estrada sendo longa, já dizia o velho poeta: Quem tem um porquê, enfrenta qualquer como."
Minha impressão
Há muito tempo eu tinha curiosidade com esse livro e gostei bastante da leitura. O autor possui uma escrita fluída e a trama é envolvente. É uma obra que faz algumas críticas sociais e nos leva a momentos de reflexão.

Pedro é um personagem interessante, no começo eu me envolvi muito com ele, mas depois certas atitudes foram me desanimando, NÃO COM A LEITURA, ele precisava fazer as coisas dentro de um tempo limitado e não podia contar para ninguém sobre isso, então algumas vezes ele até foi um pouco arrogante. Mas no final ele voltou a me conquistar.

Os amigos dele ganham um bom destaque e cada um contribui para o bom desenvolvimento da trama. A personagem que eu mais gostei foi a Cristal, ela é uma garota imprevisível e a sua personalidade ousada e confiante me agradou bastante.

Tem um mistério envolvendo um colar que Pedro ganhou da avô há alguns anos e a sua viagem em busca de descobertas traz para Pedro revelações que ele jamais imaginou. As coisas já estavam ruins na vida dele e a partir daí pioram ainda mais. É quando ele desiste de vez, mas seus amigos não desistem dele. Mesmo ele afastando todos e se isolando, os amigos querem ajudar. Os pais do Pedro também têm um papel fundamental na trama. Eles estão passando por complicações no casamento, quando Pedro volta da viagem eles entram em conflito devido à descoberta dele.

Surpeendente! é um livro que eu recomendo a leitura.

Minha nota para o livro

7 comentários:

  1. Olá!

    Já na leitura da sinopse eu fiquei interessada e quanto mais eu lia a sua resenha, mais curiosa ficava quanto a trama e a esse segredo de Pedro. Espero muito poder ler logo este livro, ele acaba de entrar na minha lista de leitura. Adorei a recomendação!

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Esse livro está na minha lista de leitura desse ano, porque lendo algumas resenhas achei ele parecido com Extraordinário, com uma história de superação muito bonita e que vale a pena ser lida. Fiquei ainda mais feliz em saber que ele foi escrito por um autor nacional, como sempre digo para os meus alunos: "os autores nacionais não perdem em nada para os internacionais, deem uma chance para eles e se surpreendam".

    Beijos e abraços Vivi
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Acho a premissa desse livro super interessante e o fato de envolver o cinema brasileiro na trama parece deixar a história ainda mais única. Eu tenho vontade de conhecer melhor essa leitura.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  4. Oiii Beatriz

    Supreendente! é um livro que ja vi criticas mistas, tem gente que não gostou tanto, por que se desapontou com o personagem e teve gente que deixou o fato passar e se permitiu ser reconquistado, como aconteceu contigo. De momento não é um livor que me chama muito a atenção, quem sabe futuramente...

    Beijokas

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Que lindeza! Esse livro foi muito comentado no booktube e eu fiquei com vontade de lê-lo justamente por isso. Fico feliz que ele tenha sido uma leitura agradável pra ti, só me dá ainda mais motivos para ler. Pedro me parece alguém humano demais e com muita coisa a ensinar, né?

    ResponderExcluir
  6. Olá Beatriz, eu ainda não tive a chance de ler nada do autor, mas tenho bastante vontade *-* pelos seus comentários o livro parece estar com um enredo bem bacana <3 Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  7. Oii. Houve uns anos que esse livro estava bem no auge e eu acompanhei boa parte das resenhas sobre ele. Hoje não tenho mais interesse no livro, mas otimo saber que ele conta uma boa história e que ainda existem leitores que gostam dele <3

    ResponderExcluir